Buscar
  • Ars et Vita

Obra de Mac Adams é apresentada pela primeira vez na América Latina


A obra de Mac Adams é apresentada pela primeira vez ao público brasileiro na exposição "Mens Rea: a cartografia do mistério", no Centro Cultural FIESP. Com curadoria de Luiz Gustavo Carvalho e Anne-Céline Borey, a seleção apresenta ao público brasileiro 17 dípticos da icônica série Mistérios, além da instalação in situ Cartografia de um crime, criada especialmente para a primeira exposição do artista na América Latina.

Mac Adams se define como um “contador de histórias através de fotografias e objetos”. A partir de vários dispositivos - sequências fotográficas, instalações, esculturas - o conjunto de sua obra propõe uma reflexão sobre a própria ideia de narrativa. Concentrando-se em uma economia radical de meios, ele explora o elo intrínseco entre a narração e a percepção, confiando à subjetividade de cada um o cuidado de aperfeiçoar as histórias para as quais ele tece uma flexível e refinada trama.

Em Nova York, o artista nascido no País de Gales (Reino Unido) e estabelecido nos Estados Unidos desde o final dos anos 1960 se aproxima da Narrative Art, corrente artística conceitual surgida na década de 1970. No entanto, enquanto alguns artistas deste movimento combinam texto e fotografias na construção de suas narrativas, Mac Adams se restringe apenas na utilização de imagens, organizadas em sequência, e no poder evocativo de objetos, escolhidos para as suas instalações. Inspirado pelo universo de contos do seu país natal, o Cinema Noir americano e a literatura de ficção policial, ele concede um valor particular para o espaço deixado entre cada elemento, chamado pelo próprio artista de “vazio narrativo”.

A exposição conta ainda com a participação de autores de diversas nacionalidades, convidados a escrever textos inspirados em algumas das obras escolhidas pela curadoria. O resultado deste rico diálogo entre a obra de Mac Adams integra o espaço expositivo através de textos de Ricardo Domeneck (Brasil), Dylan Thomas Hayden (EUA), Marcus fabiano (Brasil), Johannes CS Frank (Alemanha/Reino Unido), Victor Heringer (Brasil), Guilherme Gontijo Flores (Brasil), Pascal Marquilly (França) e Tal Nitzán (Israel).

A exposição que fica em cartaz até 08 de julho na Galeria de Fotos do centro Cultural FIESP (Av. Paulista 1313 - São Paulo).

#MacAdams #Fotografia #Artenarrativa #ArsetVita #Fiesp #SãoPaulo

0 visualização
  • Preto Ícone Instagram
  • Black Facebook Icon
  • Black YouTube Icon

Inscreva-se na nossa newsletter